sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Somos, um no outro...














No início éramos nós...
A lua resplandecente brilhava no firmamento.
Júpiter e Vénus abraçam-se,
eis-nos intrínseca e eternamente pares,
envoltos em redemoinhos
de emoções e buscas
num amor ímpar, de trevas e luz.

És o meu fogo,
e a aragem que suaviza a dor,
és a essência qie vibra em mim,
nas tuas palavras,
no meu olhar,
nas tuas mãos,
no meu coração.

Fecho os meus olhos,

Entrelaço-me no teu sorriso terno,
que me percorre como ondas do mar
que me revigoram a alma,
num incessante redescobrir
de pequenos mistérios esquecidos,
oriundos de outras eras.

Alua brilha em nós.

Seremos sempre nós.

Somos, um no outro.


14.02.2017

Sem comentários: