quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Acorda...



Acorda,
Para a realidade que nos alcança
Num subtil amanhecer,
Rompendo as amarras invisíveis
De quem se recusa a sonhar.
Saboreia as lágrimas cruas
Que a paixão negou sentir,
Eliminando a distância
No sorriso proibido do ousar.
Sente a tristeza que se afoga na dor
E o grito de desespero
Que acorda a inquietude
Percorrendo o mundo
Sem temor ou medo…
Acorda o sonho que
Desponta na noite austera,
O pensamento que viaja
Libertando o adeus que se afasta,
A alegria que penetra na escuridão,
Que se abraça e se partilha,
A mágoa que se esconde e enterra
Que vive na penumbra,
Na ferida que não sara.
Acorda o herói e o vilão que
Navegam sem rumo ou destino,
Buscando a verdade
Nas vicissitudes da ilusão…
Acorda o amor que
Oblitera a razão,
E nos faz sentir vivos
Na loucura que nos consome...
Acorda a esperança
Que ilumina o degredo,
Dissipa o nevoeiro
Que adormece o sentimento
E rasga o cativeiro
Que nos roubou a alma.
Acorda…

13 comentários:

Klatuu o embuçado disse...

Belo poema...

Dark kiss.

Sintilha disse...

Ser feminino, é assim

lindo poema de luz, que remexe.

Frankie disse...

Voltaste :)*
E que belo regresso, querida!

Beijo grande.


PS: Adoro esta música.

DarkViolet disse...

O acordar é sempre um traço para a partilha. Se a Alma está roubada ainda há uma hipótese para ser sepultada

Lunna disse...

Quase tudo novo por aqui... Não mudou apenas a intensidade de seus versos. Estava com saudades daqui. Beijos

a.m disse...

A linha que separa a realidade da ilusão é ténue, e assim por entre passos calados comfundimos a ilusão, o sonho e a verdade que desperta.

bonito poema, como já nos habituas-te :)

łα мujєr αdørмєcidα disse...

Mais uma gota...

de precioso sangue para aquecer a pele fria...acordar e ter as maos a doce realidade de saber que ainda ha vida nessas maos que queimam...

Um Castelo encantador...voltarei outras vezes...

Besos y Rosas

Ruela disse...

Muito belo!

Frankie disse...

Passei para deixar um beijo de parabéns...porque o dia hoje é especial :)*

The Unforgiven Souls disse...

Aqui respira-se lágrimas de sangue eternas...

Muitos parabéns com cada palavra, cada sentir e cada momento...

Simplesmente brilhante,

The Unforgiven Souls

Gothicum disse...

...talvez!


Abraço de treva

Marco disse...

A Lu indicou e eu vim até conhecer. Muito bom a intensidade de tua escrita. Grande abraço

Anónimo disse...

talvez não...eu tenho a certeza que te adoro ler...


Gothicum