domingo, 26 de outubro de 2008

Alma em Ascensão

Os estandartes cruzam os céus num perverso ondular, presságio de sangue, dor e lágrimas... O rufar dos tambores cadencia a marcha através dos campos, enquanto imagens de heroísmo perpassam nos olhos dos poucos camponeses que saem para ver passar os exércitos.

A Cruz Templária ergue-se, qual estrela guia dos bravos monges guerreiros.

Ao deixarem Tomar, uma aura mística apossou-se dos fervorosos cavaleiros de olhar tranquilo. O suave murmúrio das litanias instiga à conquista, elevando-lhes a alma em ascensão ao Criador.

O derradeiro olhar à alvorada que se apaga no último suspiro....

Gritam de euforia as espadas ansiosas pelo troar dos canhões e pelo frémito do entrechocar de metal. Homem contra Homem, espada contra espada, machado contra escudo. Os ruídos crescentes da batalha que se aproxima ecoam pelas fileiras, fazendo tremer a terra manchada de vermelho que os acolherá no seu seio.

O calor das fogueiras flamejantes do acampamento na noite passada, envolveram as almas gélidas num calor sobrenatural. Os olhos marejados recordavam as famílias que não tornariam a ver, e juras de uma morte santa eram proclamadas entre companheiros receosos do sofrimento da agonia.

O sol vai agora alto no céu, e avistam-se ao longe os exércitos inimigos. Ele dá sinal para pararem. O vento fustiga-lhe suavemente o rosto, como que num beijo terno de despedida. O destino aguarda-os.


"À Carga!!!!"

10 comentários:

Leto of the Crows disse...

"juras de uma morte santa eram proclamadas entre companheiros receosos do sofrimento da agonia"

Morte santa... Como se ir para a guerra matar outros seres vivos merecesse uma morte santa, como se matar fosse um acto digno de santidade... O que são santos, no final de contas? Assassinos, masoquistas, ou ambas as coisas? Talvez nenhuma delas, simplesmente meros insanos que se vangloriam dos seus actos junto dos deuses e dos humanos. Seres por quem unicamente sinto piedade...

Isto fugiu um bocadinho ao tema do texto xD Mas acho que está muito bom, descrevendo na perfeição o frémito que incendeia as almas antes do rebentar da batalha!

Um beijinhos!
Leto of the Crows

bat_trash disse...

Os mistérios da história às vezes perduram pela eternidade. Segredos guardados e a busca pelas respostas às vezes levam toda uma vida:Non nobis, Domine, non nobis, sed nomini Tuo da gloriam. Os guardiães de uma ideologia altamente secreta e ao mesmo tempo religiosa, polêmicos em sua trajetória que pouco a pouco se perpetuará através da história.
Bat Kiss.

POEMAS DE UM GOTHICO disse...

Excelente texto sobre os "pobres" cavaleiros de Cristo. Tive um magnífico momento de leitura, sobretudo ouvindo a banda que mais gosto Nightwish.

akasha disse...

Texto belíssimo!
Os Cavaleiros Templários, durante muito tempo eles foram vistos como homens de fé e coragem, que arriscavam a vida para proteger os cristãos na Terra Santa. Mas essa não foi a única imagem que deixaram: em sua trajetória, chegaram a ser apontados como negociantes oportunistas que negavam a moral cristã e estavam interessados apenas em consolidar seu poderio na Europa Medieval e, ainda, como sábios do ocultismo, iniciados nos princípios da alquimia e em milenares conhecimentos esotéricos.
A História ainda nos mostrará ao que vieram.
Kisses.

Marcia Barbieri disse...

A morte é sempre difícil de ser comentada,por isso me calarei,o seu texto falou tudo.

beijos

acqua disse...

Nossa, depois de um longo dia, sem tempo devido ao Abre Aspas, aqui chego e me deparo com esse texto belíssimo. Um dia poético e um instante que pede silêncio e reflexão. A morte é sempre esse enigma sensasorial. Abraços meus

Desnuda disse...

Do título ao texto , magnífico! Grande é o seu talento... Sabemos da importância desta ordem e seu alcance, mas ainda envolto de mistérios por tantas simbologias, que ainda hoje vimos nas igrejas, bandeiras...E embora lutassem para a preservação de lugares santos e contra o "mal" de forma mística crendo no retorno aos espíritos ( alma em ascenção). Sucumbiram pela riqueza ( embora votos de pobreza) e grande influência política. O que até hoje é motivo de guerras e luta do homem...Até quando?

" Homem contra Homem, espada contra espada, machado contra escudo..."


Parece que não tem fim...Até quando?



Grande beijo, querida

akasha disse...

Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!
Bom Samhain!

kisses & kisses.

Micas disse...

Os segredos e a busca das respostas...Gostei imenso de ler este texto.
Beijo e um abençoado Samhain para ti :)

Blood Tears disse...

Leto, obrigada pela tua visita.... Não sei ao certo o que pensar dos Cavaleiros Templários.... É um tema que me apaixona, assim como toda a Idade média, as Cruzadas, o obscurantismo do Renascimento, mas penso que estes homens valorosos foram vítimas da sua própria fé... Como tantos outros na história da humanidade... E sim, captaste bem a intenção apenas de descrever o momento de frenesim, ande de saber se veriam o sol uma vez mais.... :)

Bat, estes segredos começaram a ser desvendados e difundidos nesta nossa era tecnológica... E ainda bem, porque alimenta a nossa fome do saber... :)

Gothico, sim, definitivamente Nightwish é uma das minhas bandas favoritas... Ainda bem que gostaste da leitura...

Akasha, quanto mais aprendo sobre esta Ordem, mais vejo que detiveram um poder económico e político muito além do usual.... Enquanto serviram aos propósitos dos Impérios, foram úteis, a partir do momento em que começaram a ser "incómodos" foram vilmente acusados de bruxaria e outras atrocidades e vergonhosamente assassinados.... A história se encarregará de resolver todos os mistérios destes Cavaleiros iluminados... E espero que tenhas tido um óptimo Beltane... ;)

Marcia, obrigada pela passagem, sim, a morte que é parte da nossa vida, é sempre difícil de ser descrita... :)

Acqua, Obrigada pela visita, este enigma é o que temos de certo nesta vida... :)

desnuda, sim, na realidade até quando? Enquanto existir humanidade?

Micas, espero qte tenhas tido também um Samhaim abençoado...

Blood Kisses