segunda-feira, 13 de outubro de 2008

There is no Hell




Não existem seres destinados à luz ou às sombras....
Os demónios podem surgir como anjos de um visual invulgar.
O preconceito limita-nos, retirai pois a venda dos olhos e logo surgem os lobos em pele de cordeiro....

12 comentários:

bat_trash disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
bat_trash disse...

Nem tudo que reluz é ouro e nem tudo que parece é.
Dizer que um ser é destinado à luz ou a sombra é um tanto maniqueísta, temos nosso momentos de anjo ou demônio. E taxar a quem quer que seja é valorizar limites. Nunca conhecemos bem uma pessoa até o momento de convivermos com ela. Todos a princípio são fixes, é uma imagem que se vendo em pró da aceitação.

Bar Kiss.

DarkViolet disse...

Aqueles que devoram, retalham e assim o fazem são seres puros.. O uivo incessante das reticências é um adamastor...

Blood Tears disse...

Bat, pois é, nada é linear, e o preconceito espreita a cada esquina..... Cada um de nós pode evitar sê-lo.... pelo menos isso.....

darkviolet, os Adamastores pululam, mas dobraremos sempre o cabo das tormentas...

Blood Kisses

Carmello Café disse...

Queridíssima amiga co-sanguínea,
me desculpe pela a ausência dos últimos dias. Devo confessar que passeei por aqui várias vezes, mas não quis deixar comentários... É que apesar de gostar muito de muito do que você escreve, muitas vezes não me identifico, entendes? É com certeza admiração e prazer o que sinto, mas, para usar uma expressão tipicamente carioca, não é bem a minha praia; às vezes penso que é muito feminino pro meu mundinho de testosterona (rsrsrs) e em outras muito lunar pro meu sol amazônico. (rsrsrs) Não vou deixar de passear por aqui por isso, mas me recuso a deixar um comentário do tipo: "puxa, que legal!", "como você escreve bem!", "como é tudo tão intenso por aqui" ou algumas outras variações... Você merece mais de mim do que só isso. E para ser pouco, prefiro ser nada.
Na verdade, na verdade, gostei mesmo foi da imagem do Hellboy, sou fanzão do Vermelho... (rsrsrsrsrsrs)
Um enorme e carinhoso beijo, como sempre O+.

P.S.: Gostei de você ter gostado dos meus versos...

Vampiria disse...

ola :) agradeço a tua mensagem. abraço

Bruno Moutinho disse...

Não será o próprio preconceito que cria nos outros os verdadeiros demónios?

POEMAS DE UM GOTHICO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
POEMAS DE UM GOTHICO disse...

Antes de mais parabéns pelo blog, quanto ao texto em questão concordo plenamente com o que ele diz. Embora eu acredite em algo para além da visão mortal que temos, somos nós que realizamos as nossas acções e com isso seguimos o caminho que queremos. Pagamos o preço pelo caminho que escolhemos.
Vou-me tornar teu leitor assíduo.

Blood Tears disse...

carmello, claro que deixar comentário s em textos que não nos identificamos, não tem muito sentido.... :) Eu adorei o Hellboy, ambos os filmes, e apaixonei-me pela mística do homem montro de coração bom e puro.... Assim que puder vou lá tomar um café!

vampiria, eu gostei muito do teu santuário... :) Passo por lá volta e meia a ver se há novidades...

bruno, sim, o termo demónio é sempre relativo ao significado que se lhe atribui... Um dos "problemas" é que as religiões judaico-cristãs atribuiram à palavra demónio um significado perjorativo... As aparência iludem... :)

gothico, é uma honra para mim receber a tua visita. Recordo-me que foi através de um comentário que deixaste num dos blogs que visito, que fui ver o teu blog, e gostei imenso do que li. Sê bem vindo!

Post-It disse...

É verdade: somos capazes do melhor e do pior... Desconcertante, o ser humano.

Blood Tears disse...

post-it, a grandeza nasce do acto mais humilde... E a aviltez da maior soberba...

Blood Kisses