sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Sonhos Perdidos





As fadas esvoaçam e o luar
Cintila discretamente na escuridão,
Um brilho fugaz
Que preenche o
Infinito dos meus sonhos,
Dando-lhe cor e magia.
Suavemente o pincel
Esboça um traço
Subtil de esperança
Fragilmente delineado...
O cinzelado vai ganhando
Contornos quentes e suaves
da minha fantasia perdida
em baús discretos.
Desembrulho os sonhos
Não realizados, tornando
A colocá-los na
Estante das possibilidades.
Sonhos antigos, modernos,
Simples, complexos...
Amplexos recalcados
Do ser tiranizado...
Elevas-me até aos
Meus sonhos perdidos?

6 comentários:

biazinha disse...

As palavras não proferidas aumentam o abismo.. Que aforismo. Essa frase é tão verdadeira. Não dizemos e algo nos remoe e se impõe um ciclo vicioso: o do silêncio.
Os sonhos se perdem em meio ao emaranhado do real que teima em demarcar território e ficam camuflados em nossoa máscara, mas eles continuam ali naquele canto escuro. O sonho sonha com a concretude.
Beijos.

Anónimo disse...

acredito antes. que os abismos não são os vazios do que não se diz.

os silêncios também são memórias. e palavras. e beijos. e o sol a nascer. e a vaga que se esvazia no mar.

não há abismos. nem há palavras por dizer. só fantasmas entre todas as linhas do que sentimos. e depois. a boca que não se move.

um abraço.

obrigado pela visita

joao
osdiasdasnoites

ImpossiblePrince disse...

Bonito poema. Pois a falta de palavras que preciso de ouvir, de ler, da pessoa mais importante neste momento que estou a passar. Não existem, simplesmente. Por isso conheço o abismo e muito bem.

Narcisse Foucquet de Roussy-Trioson disse...

As palavras, de uma forma ou de outra, acabam sempre por conseguir aumentar o abismo... Por vezes, gosto de o pensar assim.

Obrigado pela visita.*

Blood Tears disse...

Biazinha:
O silêncio propicia aos sonhos perderem o rumo.... Obrigada...^^

João:
Esse pensamento é deveras interessante... Nós sentimos e a boca não se move..... Obrigada pela visita também... :)

impossibleprince:
fere mais o que não nos é dito do que uma agressão... doi mais... então estamos no mesmo barco.... (hug)

Narcisse Foucquet de Roussy-Trioson:
As palavras são como a magia, não são boas nem más, depende de como são utilizadas... :) obrigada pela visita !

Blood Kisses

Rainha dos Raios de Sol disse...

Abismos são portais...

A altura e a queda sempre me encantaram!

^^

Ficas a compartilhar destas loucuras tolas que eu digo quando estou frustrada. ^^

beijinho